• Opens in a new tab
  • Opens in a new tab
  • Opens in a new tab
  • Opens in a new tab
  • Opens in a new tab
  • Opens in a new tab

Nossas Escolas

A Escola Família Agrícola do MEPES, é uma organização escolar que mantém a aprendizagem e formação profissional para os jovens do campo.

Nossas Escolas

EFA de Alfredo Chaves

Em breve

EFA de Olivânia

Em breve

EFA de Boa Esperança

Em breve

EFA de Castelo

Em breve

EFA de Jaguaré

Em breve

EFA de Montanha

Em breve

EFA de Nova Venécia

Em breve

EFA de Pinheiros

Em breve

EFA de Rio Bananal

Em breve

EFA de Rio Novo do Sul

Em breve

EFA do Bley

Em breve

EFA de São Mateus

Em breve

EFA de São João de Garrafão

Em breve

EFA de Marilândia

Em breve

EFA de Belo Monte

Em breve

EFA de Cachoeiro de Itapemirim

Em breve

EFA de Ibitirama

Em breve

EFTUR

Em breve

Formação para os Jovens do Campo

A Escola Família Agrícola do MEPES, é uma organização escolar que mantém a aprendizagem e formação profissional para os jovens do campo. Introduziu na América Latina e adota a Pedagogia da Alternância, assegurando aos jovens das EFAs, uma formação integral que abrange aspectos profissionais, humanitários, sociais, éticos, espirituais e ambientais, qualificando-os legalmente, tanto para continuar os estudos, quanto para se dedicar à vida profissional, na propriedade familiar ou fora dela.

A Escola Familia Agrícola, como um projeto voltado especificamente para as populações campesinas consolidou-se porque acreditou no homem e na mulher do campo e na possibilidade de promover uma educação diferente que resgata o valor da terra, que une formação técnica profissional à formação humanista e que torna o agricultor familiar autossustentável.

Escola Família Agrícola e Pedagogia da Alternância.  O que é uma A EFA? é um grupo de famílias, pessoas e entidades organizadas em torno de objetivos educacionais e promocionais comuns. Escola e Pedagogia que alternam espaços e tempos de aprendizagem.

Pedagogia da Alternância.

Características:

  • Um projeto educativo;
  • Prioridade da experiência sócio-profissional;
  • Articulação de espaço e tempo em diferentes situações;
  • Dispositivo pedagógico;
  • Concepção especifica do educador/monitor:
  • Um conjunto de parceiros na formação;
  • Condições favoráveis a aprendizagem.

Dispositivo Pedagógico:

  • Plano de Estudo;
  • Caderno da Realidade;
  • Colocação em Comum;
  • Visitas de Estudos;
  • Intervenções Externas;
  • Caderno de Acompanhamento;
  • Visita as Famílias;
  • Projeto Profissional do Jovem;
  • Estágios;
  • Experiência em Casa e na Escola. Todos esses elementos são organizados em um Plano de Formação.

O que objetiva?

  • Formar jovens e adultos nas dimensões: humano-social, intelectual-profissional, espiritual-ético-ecológico dentro de uma dimensão da solidariedade;
  • Contribuir para a promoção e o desenvolvimento sustentável do educando, das familia e do campo.

Alguns Pressupostos:

  • A vida cotidiana é indissociável da escola;
  • Aprender pelo fazer concreto: no dia a dia, na experiência do mundo do trabalho, na vivência familiar e comunitária;
  • Valorização e utilização da experiência pessoal como ponto de partida do processo ensino-aprendizagem;
  • A parceria como valorização dos diferentes sujeitos e seus mais diversos saberes, todos empregados no processo de construção das aprendizagens;
  • A relação teoria e prática, numa perspectiva continua do inacabamento;
  • Do contexto sócio-político, econômico e cultural local para o mundial.

A Pedagogia da Alternância trata-se, portanto, de uma formação com períodos alternados de vivência e estudo na Escola e na família, acompanhados pelos monitores. Esta pedagogia permite uma formação global onde a experiência e a sistematização ficam presentes; da experiência brotam os novos conhecimentos que são retomados pela escola para aplicação imediata em outras situações de aprendizagem. Por meio da Alternância o aluno analisa sua realidade através das atividades trabalhadas nos períodos escolares e a partir de observações constantes que faz no meio sócio-profissional, no meio familiar.  A Pedagogia da Alternância permite que os conteúdos de ensino da Escola Família Agrícola sejam verdadeiramente vinculados ao meio de vida do aluno. A família, a propriedade não é apenas o lugar onde o aluno vai colocar em prática as suas experiências escolares, mas é o lugar onde o aluno vai incorporar ao seu trabalho as interrogações e as preocupações levantadas nas reflexões feitas na escola. A família, ou o meio sócio-profissional é reconhecido pela Pedagogia da Alternância também como lócus de formação do aluno, é nela, a partir do trabalho no seu meio que emergirão os questionamentos que necessitarão de aprofundamento e pesquisa na escola. É uma formação que contempla ação-reflexão-ação, num processo contínuo e interminável, pois pressupõe que aprender é inerente à vida humana e que todo homem aprende sempre.

A história das Escolas Famílias Agrícolas tem mostrado que o trabalho educativo só tem êxito se realizado a partir da ação coletiva. Hoje podemos dizer com alegria que a Pedagogia da Alternância é de patrimônio universal. É conhecida e divulgada no meio educacional e na sociedade em geral, sobretudo naqueles setores ligados à educação e processo produtivo no campo. Tendo o MEPES como o pioneiro na implantação das Escolas Famílias Agrícolas no Brasil, a metodologia da Pedagogia da Alternância cresceu se dinamizou e se tornou referência para as Casas Familiares Rurais, para as Escolas Comunitárias Rurais, para as Escolas de Assentamento e outras, que se apropriaram no sentido de fazer uso adequado à sua realidade. Essa é a beleza de nossa educação! Entendemos que a Pedagogia da Alternância tem pressupostos básicos comungados por todos que a conhecem em sua gênese e que buscam manter sua fidedignidade para não perder o foco. Porém, as apropriações realizadas pelas diferentes unidades proporcionam o enriquecimento dessa prática e comprovam o discurso de que ela, a PA, é viva, dinâmica, própria e apropriada aos sujeitos do campo.

Fale Conosco

Endereço: Rua Costa Pereira, 151, Centro
Anchieta – Espírito Santo – CEP: 29.230-000

Telefone: +55 (28) 3536-1151

E-mail: mepes@mepes.org.br

Desenvolvido pelo Departamento de TI do MEPES  – 2020