Alunos da EFA de São João de Garrafão seguem engajados em seus PPJs

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

O cenário atual que enfrentamos mediante essa situação de pandemia do COVID-19 é desafiador quando se tem como missão planejar, sistematizar, organizar e implantar uma ideia de Projeto Profissional do Jovem no contexto social considerado agricultura familiar.

Contudo, os jovens alunos da EFA de São João de Garrafão Maria Carolane Zaager com o projeto de viabilidade de implantação de Cenoura e Matheus Tonn Bolt com proposta de implantação de Oliveira, seguem engajados minuciosamente as etapas de desenvolvimento que este trabalho experimental oferece, pois possibilita ao educando expressar os seus anseios de realização junto ao meio familiar e/ou comunitário, além de contribuir para sua formação profissional. 

“Através do meu projeto cujo tema foi Viabilidade da Implantação da Cenoura (Brasilândia e Planalto) com avaliação de parâmetros de desenvolvimento e utilização de métodos alternativos no Sítio Zaager, pude perceber e acompanhar nitidamente a diferença de desenvolvimento entre as variedades escolhidas, além de comprovar a eficácia da utilização de métodos alternativos no controle fitossanitário da cenoura."

Maria Carolane Zaager

“Meu interesse sobre olivicultura se iniciou por ser uma cultura inovadora na região e por apresentar grande potencialidade. Por intermédio desse projeto a minha família recebe assistência e acompanhamento do INCAPER periodicamente e esse experimento me permitiu projetar testes da adaptabilidade de diferentes variedades de oliveira, além de colocar em prática o conhecimento adquirido no período de formação na EFA, enriquecendo meus conhecimentos de campo e buscando novas alternativas de fonte de renda."

Matheus Tonn Bolt

Monitor Orientador: Maurício Sassemburg Nunes
Créditos: Escola Família Agrícola de São João do Garrafão

Você pode se interessar por: