Sedu, Sesa e entidades continuam discussões sobre protocolos de retorno às aulas presenciais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Objetivo dos encontros é elaborar uma portaria conjunta estabelecendo as diretrizes para a adoção de medidas administrativas e de segurança sanitária.

Na manhã desta quinta-feira (16), o Grupo de Trabalho (GT) que debate o retorno das aulas presenciais do ano letivo de 2020 em toda a rede de ensino do Espírito Santo realizou um novo encontro. Embora ainda não exista previsão de data para a reabertura das instituições escolares, protocolos sanitários já estão sendo estruturados. A proposta do GT, segundo o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, é debater questões pertinentes ao retorno das aulas presenciais e no que diz respeito a todas as instituições de ensino, sejam elas públicas ou privadas, escolas ou faculdades.

“Na última reunião do GT foi apresentada a primeira versão de uma portaria conjunta, elaborada pelas Secretarias da Educação (Sedu) e da Saúde (Sesa), que deve estabelecer as diretrizes para a adoção de medidas administrativas e de segurança sanitária pelos gestores das instituições de ensino no retorno às aulas presenciais. Encaminhamos esse documento às instituições aqui representadas e, hoje, conversamos sobre essas devolutivas”, afirmou o secretário Vitor de Angelo.

Durante o encontro, o subsecretário de Estado de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, fez uma contextualização do cenário da Covid-19 no Estado. Em seguida, os representantes das instituições deram as suas contribuições. Uma nova reunião está agendada para daqui 15 dias, com o objetivo de trabalhar na versão final do documento. Esse foi o quinto encontro do grupo, constituído em maio deste ano, devido à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Integram o Grupo de Trabalho representantes da União dos Dirigentes Municipais da Educação (Undime-ES); Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES); Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes); Associação dos Diretores e Ex-Diretores das Escolas da Rede Pública Estadual de Ensino do ES (Adires); Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo (Mepes); Sindicato das Empresas Particulares de Ensino (Sinepe); Conselho Estadual de Educação (CEE); Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes); Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes); Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes); Sindicato dos Servidores Públicos do Espírito Santo (Sindipúblicos); Sindicato dos Professores do Espírito Santo (Sinpro ES); do Sistema OCB-ES; além das Secretarias de Estado da Educação (Sedu), da Saúde (Sesa) e de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti); e da Procuradoria-Geral do Estado (PGE).

Créditos:
Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini/ Geiza Ardiçon/ Soraia Camata
(27) 3636-7705 / 7706/ 7707/ 7888 / 99956-2479 / 99802-9043
mirelamarcarini@sedu.es.gov.br/ gardicon@sedu.es.gov.br/ sccanal@sedu.es.gov.br

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Comentários

Você pode se interessar por: